Saiba como comparar o retorno do investimento fotovoltaico com outros investimentos

Optar pelo investimento fotovoltaico apostando na geração de energia fotovoltaica nada mais é do que contribuir para o meio ambiente e explorar sustentavelmente um recurso natural, que é o sol. Este tipo de energia é popularmente conhecido como energia solar e vem ganhando cada vez mais espaço em residências, edifícios comerciais, entre outros. Para surpresa de muitos, o investimento fotovoltaico também pode ser um investimento pessoal.

Além de energia limpa, o investimento fotovoltaico é uma boa opção de aplicação de dinheiro, como renda fixa, poupança, CDB, carro ou aluguel. Você não entendeu errado. A energia fotovoltaica é um tipo de investimento que pode ser bem rentável.

Ao instalar um sistema fotovoltaico, o retorno do que você pagou pela instalação é logo sentido na conta de luz, que reduz consideravelmente (ainda mais em um país com tamanha incidência de sol como o Brasil). A energia solar independe do sistema hídrico e esse é outro retorno importante.

Há vantagens e desvantagens, claro. Mas se você gosta de investimento de baixo risco, pensar no investimento fotovoltaico tem que estar nos seus planos.

Vantagens

Energia solar é renovável, limpa e traz ainda outras vantagens:

- não é impactada por períodos de racionamento;

- não é impactada por reajustes na tarifa de energia;

- está imune à taxação extra na conta de luz;

- longa durabilidade.

Mesmo que o investimento da instalação ainda seja alto, a economia de dinheiro ao longo dos anos compensa muito. Outro ponto positivo do investimento fotovoltaico é a valorização do imóvel onde o sistema é instalado, mesmo sendo uma residência ou prédio comercial.

Alta rentabilidade

Todos esses elementos fazem da geração fotovoltaica uma ótima opção de investimento financeiro a longo prazo. Analisando as aplicações de Renda Fixa disponíveis no mercado (poupança, CDBs, LCIs, LCAs, Títulos do Tesouro Nacional etc), vê-se ativos que também têm boa rentabilidade a longo prazo.

Porém, com o alto valor da energia no Brasil, o rendimento em investimento fotovoltaico pode chegar ao dobro das opções mais tradicionais. Porque a rentabilidade é válida por toda a vida útil do sistema (que pode chegar a mais de 30 anos).

Em comparação aos investimentos em renda fixa, cujos vencimentos são curtos e tendem a ser reemitidos com taxas de remuneração menores, a energia fotovoltaica merece um olhar mais atento.

Mas antes de qualquer novo investimento, procure estudar sobre o mercado de geração de energia solar. Desde a instalação à manutenção, passando pela regulação do mercado de investimento, taxas do governo etc.

Se você está pensando no investimento fotovoltaico, a Repensa Energia atua no mercado desde 2014 e tem os melhores especialistas quando o assunto é energia fotovoltaica. Com escritórios em São Paulo e em Ribeirão Preto, a Repensa Energia tem amplo portfólio de projetos ligados à energia solar.

Digite o que você procura