Como foi a evolução do preço por kWp nos últimos anos?

Investir em energia solar se tornou uma das maiores fontes de retorno financeiro para pessoas ao redor de todo o mundo. Pequenos e médios empreendedores, cidadãos comuns e grandes empresários e industriais perceberam que não somente há um retorno financeiro praticamente imediato, mas também a ajuda ao meio ambiente e a utilização de um recurso gratuito, natural e totalmente limpo.

Nos últimos anos, a evolução do preço por kWp passou por algumas variações importantes de serem mencionadas. Com a inflação da energia elétrica e a atual estabilização dos preços no mercado nacional e global, a queda do preço kWp se mostrou promissora para donos de empresas, indústrias, comerciantes e cidadãos comuns que se interessam pela geração de energia solar fotovoltaica.

Tendo essa evolução como fator importantíssimo para a geração de energia no Brasil, nós da Repensa Energia elaboramos um guia de informações repleto de elementos relevantes acerca dos preços por kWp dos últimos anos e como essas mudanças afetam a realidade da energia solar atual.

Conheça o histórico de valores do kWp e os motivos que levaram a queda do preço por kWp

Empreendedores e pessoas no geral que adquirem sistemas de energia solar sabem que o retorno do investimento nesse tipo de energia representa o tempo necessário para que o custo de instalação se pague totalmente. Assim, depois de pago, o sistema passa a dar lucro para o proprietário.

Logo, é importante obter conhecimento da oscilação do preço kWp e como sua queda teve impacto nesse tipo de atividade. Abaixo, esclarecemos isso melhor:

  • O começo de tudo: em 1997, os primeiros empresários passam a utilizar o sistema de energia solar fotovoltaica para gerarem energia limpa. No Brasil e no mundo, começa uma revolução na forma como o ser humano lida com energia, meio ambiente e diminuição de gastos.
  • Início da popularização: o começo da popularização da energia solar no Brasil começou em 2012, há pouco tempo. Com a normativa 482 da Aneel (Agencia Nacional de Energia Elétrica), foi possível regulamentar permanentemente a troca de energia entre a distribuidora e o consumidor. Tal fato fez toda a diferença no cenário de energia solar no Brasil e na popularização de seus serviços.
  • Cenário favorável e início da queda de preços: com o crescimento e ampliação desse setor a cada ano, registramos uma queda frequente e constante dos preços por kWp. Devido ao valor considerado acessível dos equipamentos (como painéis solares, estruturas de fixação etc.), empresários e cidadãos comuns que utilizam esse sistema passaram a adquirir com facilidade tais equipamentos, democratizando o uso da energia solar.
  • Queda de preço e estabilização baixa: o aumento da escala de produção, introdução de novas tecnologias de fabricação, inflação da energia elétrica contribuíram para que a energia fotovoltaica esteja em queda e se estabilizou com valores baixos.

É importante salientar que a energia historicamente vem aumentando mais que a inflação, isso aliado aos atuais preços dos equipamentos fotovoltaicos tornam o cenário muito favorável para os investidores que possuem interesse neste tipo de tecnologia para sua empresa, indústria ou residência.

Para quem não dispõe de recursos próprios, muitos bancos públicos e privados possuem linhas especificas de crédito voltadas para o financiamento sustentável, que facilitam o investimento de equipamentos como o sistema de energia solar fotovoltaico.

A importância da energia solar fotovoltaica e suas contribuições

Como podemos ver, a produção de energia solar fotovoltaica é um dos investimentos mais seguros. Desde sua criação e popularização, pessoas ao redor de todo o mundo usufruem de seus benefícios. Além disso, não podemos esquecer que a natureza também agradece tal investimento.

Entre em contato conosco!

Unidades

Digite o que você procura